Seja você na vida real & virtual

No fim de semana passado, realizei em parceria com a fotógrafa Luiza Ananias, a primeira edição da oficina de Texto e Foto com o celular em Belo Horizonte. 

Essa viagem foi especial porque além da oficina, fui conhecer Inhotim, que é um prato cheio para quem (como eu) quer colocar em prática os aprendizados da oficina e treinar o olhar para fotografar melhor. 

Selfie feita com o celular

Selfie feita com o celular

Minha vida se confunde com meu trabalho. Eu quis isso. Sempre que planejo uma viagem, penso em como poderia aproveitar para levar o trabalho junto. Faço isso por dois motivos: o primeiro é porque acho um desperdício guardar comigo o que eu sei que pode ajudar muita gente (e que vejo um monte de gente quebrando a cabeça) e depois porque até hoje não encontrei alguém que ofereça um serviço mais focado na autenticidade da mensagem do que na técnica. Então, me sinto útil. 

Além disso, tenho duas principais necessidades: a primeira é registrar os momentos que vivo e ter um lugarzinho onde guardar tantas recordações. E a segunda é encorajar e inspirar pessoas que desejam um estilo de vida e trabalho como o meu. E, claro, me colocar a serviço. 

Só que se para ser vista eu preciso me mostrar, "como posso fazer isso mesmo viajando sozinha?", era a pergunta. Compartilho com vocês as respostas que encontrei para me comunicar melhor, sem perder o mais importante: a minha essência.

  • Nosso conteúdo já tá pronto. Só precisamos nos apropriar dele.

Eu sempre digo que gosto de trabalhar com o pequeno empreendedor porque ele já tá no caminho de fazer o que ama. Se a recíproca é verdadeira, basta se colocar no lugar do cliente e imaginar: "como eu usaria isso no meu dia a dia?" Depois disso, volte à sua posição oficial e crie conteúdos que expresse o seu estilo de vida. Assim você poderá se tornar referência e inspirar quem deseja comprar o que você vende!  

  • O foco deve estar na mensagem.

Eu prefiro recomendar que você opte por um conteúdo bem feito, que atingirá resultados orgânicos, do que sugerir que você compre seguidores - ah vá! 

Simples assim: se preocupe em transmitir a sua mensagem, em falar do que você acredita, quais valores você carrega, os aprendizados que colheu ao longo da vida. Você vai ver que as pessoas que te acompanham vão se interessar muito mais em trocar com você do que se você ficar apenas tentando vender o seu peixe para seguidores irreais.

  • Comunicar um serviço é trabalhar com a imaginação.

Quem vende serviço, vende um saber. Ou seja: muitas vezes é mais difícil fotografá-lo do que se você tivesse em mãos um produto. Porém, vivemos na era do compartilhamento de conhecimento, ou seja: se você não agrega valor ao seu produto, ele pode passar despercebido mesmo se a foto for incrível. Então te pergunto: como você pode fazer para ser um exemplo daquilo que você ensina e mostrar para o seu cliente que os resultados são reais? 

  • Não basta escrever bem, as pessoas querem (nos) ver com os próprios olhos
Selfie feita com o celular

Selfie feita com o celular

A fotografia cada vez mais faz e fará parte do nosso dia a dia. Produzir uma foto legal nem sempre é fácil, mas não é impossível. Primeiro de tudo: fase teste. Fotografe tudo o que você conseguir. Depois, pare e faça uma análise crítica do que você clicou: ficou bom? Não? Por quê? Como poderia ficar melhor?

Depois, trabalhe o seu olhar. Nos lugares onde passar, tente imaginar cenários novos. Experimente e descubra a sua identidade estética.

Para lembrar de não esquecer: luz é tudo! 

  • Estar sozinho no rolê não impede de sairmos nas fotos.

Muitas vezes, a cia de alguém pode te ajudar a se sentir mais confortável quando for fotografar a si mesmo. Mas, se você tá só, você pode posicionar bem a câmera e programar o clique, através do timer do aparelho. Nem sempre a foto vai sair como você esperava, mas o bom é que você pode testar várias vezes sem encher o saco de ninguém :)

  • Edição salva a vida!

Principalmente quando programamos a foto e não conseguimos olhar o que está sendo fotografado (como o exemplo que dei acima), a edição salva. Eu sempre uso os aplicativos Snapseed e VSCO Cam para tratar as minhas fotos. E recomendo!

Foto feita com o celular no timer

Foto feita com o celular no timer

Alguns outros aplicativos que podem ser úteis:

  • Inshot
  • Retouch
  • Facetune
  • AfterLight
  • UNUM

Por fim, pesquise sempre, se abasteça de referências e não tenha medo de se expor. A internet é uma ferramenta poderosa que nos ajuda a interagir com o mundo e pode nos ajudar a colher maravilhosos frutos!

E quem estiver em São Paulo no próximo dia 11 de novembro, haverá uma edição da oficina de Texto & Foto com o celular, dessa vez em parceria com a Flávia Ribeiro (@flaviaribeiro no instagram), lá na Espaçonave. Para se inscrever é só vir aqui: bit.ly/oficinatextoefoto_sp (dá pra pagar em até 10 vezes no cartão).  

Mayara CastroComment